Tuesday, October 17, 2006

A Estrada Escura

"Aonde estão, ó mais verdes campos?
Aonde estão, ó mais flores belas?
Aonde se escondem os belos encantos?
As cores da vida, e a vida da Terra.

Meus versos não mais são os mesmos
sem o adorno da emoção maior.
Parece que falo palavras a esmo,
não mais apresento o que há de melhor.

Talvez eu devesse esquecer as rimas,
talvez eu devesse esquecer os poemas.
Esperar o amor com suas graças divinas,
ofuscar minha visão, e esconder meus problemas.

Parece que a vida já não é colorida,
parece que é um caminho assim:
Uma estrada escura, uma rota temida.
Um longo caminho, que segue sem fim.

A estrada sombria que inspira terror
faz notar a sinistra presença do mal.
A estrada da vida, sem brilho e sem cor
faz notar tanto a falta, do amor afinal."

5 comments:

Stella said...

nossa moco!
q bonitos teus poemas =OOOO
bonitos msm ...parabens pelo teu dom!

bjao

Fernanda said...

Hei moço! como assim nao entendeu???
É que a minha irma, Veronica nasceu ontem! E eu postei pra ela!! rs
Hei vamos ver se nao nos perdemos de novo!!
Se cuide moço!
Ah! tbm adoro muuuito o teu blog!!
Nao some masi, viu!!
beijos!!!
se cuide!!!
Belissimo blog!!!!
tchau!

Fernanda said...

Que poema lindo....
Mas o meu blog deu problema.. apareceu uma fonte muito loka la que nao da pra ler nada, sem falar que ta lentissimo.. nha...
Hei esse poema é perfeito...
Saudades
beijos!!!

Camiles said...

gostei bastante.
beijo

Fernanda said...

poxa.. voce deletou o meu comentario..
tudo bem...
to chateada com voce..
apesar do poema ser lindissimo!!!
:(